O WhatsApp chega a 430 milhões de usuários

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O aplicativo de troca de mensagens mais usado nos últimos meses atingiu o número de  430 milhões de usuário, dos quais 30 milhões deles começaram a usar o WhatsApp desde de dezembro de 2013 até aqui,  segundo o presidente-executivo e criador do serviço, Jan Koum, que também disse que o aplicativo continuaria “sem jogos, sem anúncios e sem truques”. Koum também elogiou o Android e falou da facilidade que se tem em criar aplicativos para o sistema, e disse que tem mais usuários do Android do que de outros sistemas.
Curta a nossa página no Facebook:

O aplicativo já recebeu ofertas de venda das gigantes Google e Facebook, por valores de cerca de U$ 4 bilhões, mas preferiu apostar na sua própria capacidade e focando somente em mensagens, deixando jogos e parecidos de lado, que não é seu foco. “Queremos nos focar apenas nas mensagens. Se as pessoas querem jogar games, há uma grande quantidade de outros sites, e também grandes companhias desenvolvendo serviços em torno de anúncios.” Afirmou Jan Koum que participava de uma conferência na última segunda-feira(20) em Munique, Alemanha.

A concorrência do WhatsApp é formada por aplicações parecidas, como Line, WeChat e KakaoTalk, o que os mantém bem atentos, principalmente em questões de segurança e privacidade. O aplicativo já foi acusado de transferência de mensagens e senhas sem criptografia, mas o problema foi rapidamente resolvido.

A empresa conta hoje com 50 funcionário, que segundo a postura de Koum, não precisam se preocupar com seus empregos, pois eles estão garantidos. A metade destes funcionários tem a tarefa de traduzir o conteúdo para diversos idiomas, outros cuidam da segurança, design, marketing, etc.. Esta é sem dúvidas uma das empresas que mais crescem no mercado mobile, pois o WhatsApp é sucesso entre os jovens de diversos ambientes, o que vem substituindo o uso de torpedos SMS, e até mesmo do Facebook e outras redes.

Cada usuário do aplicativo paga um valor simbólico anual de US$ 0,99, e é isto que sustenta a economia da empresa, pois se multiplicarmos os 30 milhões aderentes do app no último mês por este valor, são quase 30 milhões de dólares ganhos somente no ultimo mês, o que a coloca em um verdadeiro oceano azul, pois seus concorrentes lhe oferecem pouquíssimas ameaças, que são muito bem combatidas e vencidas pela equipe do WhatsApp.

Fonte:Mobilesyrup
Curta a nossa página no Facebook:

6 respostas

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.